Eólica e solar conquistam duplo recorde de geração no Nordeste

O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) informou, no dia 28 de junho, que a geração solar e eólica alcançaram um duplo recorde de produção no Nordeste, diante do cenário de crise de abastecimento devido ao baixo nível das hidrelétricas.

Os ventos resultaram em uma geração instantânea (pico) de 10.856 MW, às 23h44, o necessário para suprir 96,1% da demanda do subsistema naquele período. Há aproximadamente um mês, no dia 26 de maio, foi registrado o último recorde desse mesmo tipo, quando foram gerados 10.612 MW.

A geração solar também atingiu um valor recorde com 681 MW médios, o que caracteriza 6,4% da demanda da região Nordeste. Isso retrata um aumento de 2,1% em relação ao último recorde, observado em 24 de maio, com a produção de 667 MW médios. Com 1.873 MW médios às 12h25, a fonte solar também marcou recorde na geração instantânea, retratando 17,7% da demanda da região, ultrapassando o recorde registrado em 8 de abril.

Conforme o ONS, hoje em dia, a energia solar compõe 2% da matriz elétrica brasileira, com previsão de alcançar 2,5% até o final do ano. Já a energia eólica representa 10,6% da matriz, com estimativa de chegar a 11,1% ao final de 2021.

Fonte: Portal Solar

Compartilhe esse artigo em suas redes:

Nos acompanhe nas redes sociais

Parceiros

De: Coletivo Lift Para: Mundo

Copyright © 2021. All rights reserved.