SENAI anuncia R$ 152 milhões para projetos de inovação na indústria brasileira

Já pensou em ter um espaço onde a sua empresa possa anunciar desafios e encontrar parceiros dispostos a desenvolver soluções inovadoras para superá-los? Esse local é a Plataforma Inovação para Indústria, uma iniciativa do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), que irá disponibilizar R$ 152 milhões para o financiamento de soluções inovadoras para o setor, em seis categorias: Habitats de Inovação, Aliança Industrial, Aliança Agenda Tech, Empreendedorismo Industrial, Missão Industrial e Chamada Regional.

O anúncio da abertura do ciclo de 2022 foi realizado na quinta-feira (31) pelo SENAI. Empresas interessadas em desenvolver pesquisas e projetos em inovação puderam acompanhar o evento de forma virtual.

O valor anunciado para esse ano é 50% maior que em 2021, quando foi investido R$ 102 milhões para o desenvolvimento de projetos inovadores para a indústria brasileira. Parte do valor usado no financiamento de novos projetos em pesquisas e desenvolvimento de tecnologias e inovação é aplicado pelo SENAI, parceiros e contrapartida das empresas. Com esse recurso as empresas poderão, a partir do dia 31 de março, inscrever projetos nas áreas automotiva, química, metalmecânica, automação, meio ambiente, tecnologia da informação, farmacêutica, entre outras.

Para o diretor-geral do SENAI, Rafael Lucchesi, investir em pesquisa, tecnologia e inovação é fundamental para o desenvolvimento da indústria brasileira.

“A Plataforma Inovação para a Indústria é uma excelente oportunidade para promover a aproximação entre os pequenos negócios e as médias e grandes empresas. O desenvolvimento de pesquisas traz um novo conceito para indústria, além de tornar a cadeia mais inovadoras e competitivas”, destaca.

A Plataforma Inovação para a Indústria financia o desenvolvimento de produtos, processos ou serviços inovadores, para aumentar a produtividade e a competitividade da indústria brasileira, além de otimizar a segurança e saúde na indústria.

A partir desse ano, as empresas que desejarem inscrever projetos na categoria Empreendedorismo Industrial deverão escolher entre duas modalidades: Desafio Instituição Âncora e Startup.Tech. A primeira tem como foco principal a apresentação dos desafios de uma média ou grande indústria para submissão de propostas de projetos pelas startups participantes. Já a segunda, apresenta uma lista de soluções tecnológicas das startups como foco na apresentação da chamada, possibilitando que médias e grandes empresas industriais interessadas possam se conectar por meio de chamadas coordenadas pelos Departamentos Regionais do SENAI.

Além da conexão com os Institutos SENAI de Inovação e Tecnologia, a Plataforma também promove a parceria com universidades, empresas industriais, startups e outros centros de pesquisa. As soluções inovadoras podem ser novos produtos, processos ou serviços de caráter inovador, que promovam o aumento da produtividade e competitividade industrial brasileira, ou ainda a otimização da segurança e saúde na indústria.

Para o superintendente de Inovação e Tecnologia do SENAI, Jefferson Gomes, os institutos têm um papel importante no fomento a inovação no país.

“Precisamos estreitar mais esses laços entre empresas e SENAI e criar mecanismos que levem o Brasil ao protagonismo das soluções inovadoras que são criadas e podem ser utilizadas por outros países”, ressalta.

Como participar
A Plataforma Inovação para a Indústria está aberta à participação de empresas do setor industrial de todos os tamanhos, inclusive startups de base tecnológica. Para participar, é necessário enviar a ideia pela página de inscrição, seguindo normas e cronogramas específicos de cada categoria.

Clique aqui para saber mais sobre o regulamento.

Desde que foi criado, em 2004, a iniciativa já selecionou mais de mil projetos inovadores, nos quais foram investidos mais de R$ 900 milhões. As propostas escolhidas recebem recursos e apoio para desenvolvimento de uma prova de conceito, passando por processos de validação, de protótipo e de teste na rede de inovação e tecnologia do SENAI. Os projetos resultaram em novos produtos, processos ou serviços de caráter inovador – incremental ou radical, atendendo até hoje mais de 1.200 empresas.

Fonte: Portal da Indústria

Compartilhe esse artigo em suas redes:

Nos acompanhe nas redes sociais

Parceiros

De: Coletivo Lift Para: Mundo

Copyright © 2021. All rights reserved.