Galp compra projetos de energia renovável e entra em energia eólica no Brasil

Teste os nossos serviços agora

Entre em contato com um de nossos representantes e entenda como iremos potencializar seus negócios.

SÃO PAULO (Reuters) – A portuguesa Galp anunciou nesta terça-feira dois acordos para aquisição de um portfólio de projetos de energia renovável de até 4,8 gigawatts (GW) para desenvolvimento no Brasil, expandindo sua atuação para o segmento eólico no país.

A companhia de petróleo e gás fechou com a SER Energia a compra de projetos com capacidade máxima total de 4,6 gigawatts-pico (GWp) em todo o país.

Em paralelo, assinou com a Casa dos Ventos a aquisição de um “cluster” de 216 MW de parques eólicos em desenvolvimento na região Nordeste.

As transações, cujos valores não foram divulgados, representam um novo motor de crescimento para a Galp, atualmente o terceiro maior produtor de petróleo e gás do Brasil, disse em nota Georgios Papadimitriou, COO de Energias Renováveis e Novos Negócios da companhia.

Os projetos de energias renováveis também ajudam a empresa a reequilibrar seus negócios no país em linha com as ambições de transição para um modelo energético mais limpo, acrescentou.

Em outubro do ano passado, a Galp havia anunciado a aquisição de duas carteiras de projetos solares da SER Energia em desenvolvimento na Bahia e Rio Grande do Norte, com capacidades de 282 MW e 312 MW, respectivamente.

A companhia portuguesa já um dos maiores geradores de energia solar fotovoltaica na Península Ibérica, com uma capacidade instalada operacional de 1,2 GW.

Com as aquisições, o portfólio de energias renováveis ​​da Galp atinge 9,6 GW, incluindo empreendimentos em várias fases de desenvolvimento no Brasil, Espanha e Portugal.

A empresa prevê aumentar sua capacidade de energia renovável para 4 GW até 2025 e para 12 GW até 2030.

Fonte: Uol Economia

BÜHLER, Alexandre José. et al. Uma Análise Sobre Efeitos Metaestáveis Em Módulos Fotovoltaicos Ci(G)S Por Exposição À Luz Solar. [s. l.], v. V, n. 1, p. 27–33, 2014.

 

SASALA, R. A.; SITES, J. R. Time dependent voltage in CuInSe2 and CdTe solar cells. Conference Record of the IEEE Photovoltaic Specialists Conference, [s. l.], n. 1, p. 543–568, 1993.

 

TITTON, M. G.; DE BONA, J. C.; BÜHLER, Alexandre José. MÓDULOS FOTOVOLTAICOS CI(G)S: ANÁLISE DA TECNOLOGIA. Asades, [s. l.], v. 3, n. June, p. 04.11-04.20, 2016.

Compartilhe esse artigo em suas redes:

Nos acompanhe nas redes sociais

Parceiros

De: Coletivo Lift Para: Mundo

Copyright © 2021. All rights reserved.