EDP firma parceria para instalar 60 parques solares em oito países até o fim de 2023

Teste os nossos serviços agora

Entre em contato com um de nossos representantes e entenda como iremos potencializar seus negócios.

RECIFE — A EDP anunciou uma parceria global para instalar até 100MWp de energia solar em unidades da Faurecia, empresa do grupo Forvia, na Europa, Ásia e Estados Unidos. A expectativa é instalar, até o fim de 2023, mais de 60 parques solares de autoconsumo nas fábricas da multinacional em Portugal, Espanha, Itália, Estados Unidos, China, Coreia do Sul, Japão e Tailândia.

Os parques devem somar até 200 mil painéis solares, no modelo de Energy as a Service (EaaS) — onde o consumidor paga por um serviço de energia sem precisar investir em infraestrutura.

O projeto é o maior empreendimento da EDP quando se trata de energia solar distribuída, e o primeiro a ser instalado com o mesmo parceiro em diferentes continentes de forma simultânea.

A Faurecia, empresa multinacional com atuação na indústria de automóvel, passará a consumir energia renovável produzida nas suas próprias instalações, reduzindo a sua dependência da rede energética. A parceria faz parte dos objetivos da Faurécia de redução progressiva das emissões de carbono das suas operações industriais (escopos 1 e 2).

Na cooperação EaaS, o custo dos painéis ficará à cargo da EDP, assim como a sua manutenção e operação, por meio de contratos de longa duração ajustados às necessidades locais de cada mercado da Faurecia.

“Ao instalar mais 100MWp de energia solar, estamos cada vez mais perto de cumprir o nosso objetivo de crescer dez vezes na geração solar distribuída até 2025, comparativamente com 2020”, afirma Miguel Stilwell d’Andrade, CEO do grupo EDP.

A energia solar distribuída é um dos eixos de crescimento da EDP para esta década, tendo como objetivo instalar mais de 2GW em casas e empresas até 2025.

Na Europa e Brasil, a empresa instalou cerca de 300MWp em edifícios e terrenos de empresas e famílias através da EDP Comercial. Já nos Estados Unidos e na na Ásia Pacífico, o grupo passou a atuar no setor de solar distribuída através das aquisições da norte-americana C2 Omega e da asiática Sunseap.

Fonte: Epbr

BÜHLER, Alexandre José. et al. Uma Análise Sobre Efeitos Metaestáveis Em Módulos Fotovoltaicos Ci(G)S Por Exposição À Luz Solar. [s. l.], v. V, n. 1, p. 27–33, 2014.

 

SASALA, R. A.; SITES, J. R. Time dependent voltage in CuInSe2 and CdTe solar cells. Conference Record of the IEEE Photovoltaic Specialists Conference, [s. l.], n. 1, p. 543–568, 1993.

 

TITTON, M. G.; DE BONA, J. C.; BÜHLER, Alexandre José. MÓDULOS FOTOVOLTAICOS CI(G)S: ANÁLISE DA TECNOLOGIA. Asades, [s. l.], v. 3, n. June, p. 04.11-04.20, 2016.

Compartilhe esse artigo em suas redes:

Nos acompanhe nas redes sociais

Parceiros

De: Coletivo Lift Para: Mundo

Copyright © 2021. All rights reserved.