Brasil pode virar potência em energia renovável na próxima década

Teste os nossos serviços agora

Entre em contato com um de nossos representantes e entenda como iremos potencializar seus negócios.

A avaliação é do presidente global da Enel, Francesco Starace. Segundo o executivo, o país estaria “subrepresentado” atualmente, mas na próxima década poderá responder por metade do crescimento da energia renovável. Os argumentos para o crescimento são os vários projetos de energia limpa em andamento e os estimados para o futuro, incluindo geração eólica e solar, além de outras fontes. No caso da própria Enel, 40% do crescimento de energia renovável do grupo vem de projetos ativados no país. Diferente de outras nações, que estão esgotando seus espaços físicos para iniciativas renováveis, o Brasil tem espaço para instalar mais projetos pela dimensão geográfica.

Os dados da Agência Internacional de Energia Renovável (Irena) confirmam que o Brasil vem trabalhando forte nessa área. Com mais de 1 milhão de vagas de empregos em energias renováveis, o país é um dos maiores criadores de empregos no segmento e as oportunidades são cada vez maiores pela estimativa da agência. Atrás somente da China, o Brasil tem aberto vagas em setores relacionados às áreas de biocombustíveis, energia hidrelétrica, eólica e solar, além de biomassa e biogás. Desde 2018, o país tem o maior número de empregos em energia renovável na América Latina.

A consultoria EY também destaca o crescimento do país em fontes renováveis. No início de 2020, o Brasil subiu 3 posições no ranking EY Renewable Energy Country Attractiveness Index (RECAI), saltando do 19º para o 16º lugar. Atualmente, o país já ocupa o 9º lugar. O RECAI classifica os 40 maiores mercados do mundo em termos de atratividade de seus investimentos em energia renovável e oportunidades de implantação, uma parte fundamental da transição energética.

A Climate Scorecard, organização não-governamental que monitora as mudanças climáticas globais, também destaca o perfil do país. A entidade lembra que O setor de energia no Brasil garante 97% da eletricidade confiável das residências do país, cuja rede é composta por quase 80% de fontes renováveis. “Ao olhar para o perfil energético do Brasil nas últimas décadas, fica claro que grande parte de seus recursos renováveis vem de biocombustíveis e hidrelétricas”, ressalta a entidade. Como as fontes renováveis representam quase 45% da demanda de energia primária do Brasil, elas contribuem para tornar o setor energético um dos menos intensivos em carbono do mundo.

Fonte: Além da energia

Compartilhe esse artigo em suas redes:

Nos acompanhe nas redes sociais

Parceiros

De: Coletivo Lift Para: Mundo

Copyright © 2021. All rights reserved.