PROJETOS DE INOVAÇÃO 3S

Nosso DNA é

Inovação

Tem como propósito desenvolver projetos inovadores visando a maior lucratividade em seus produtos e serviços, para gerar vantagem competitiva no mercado.

Dessa forma, a 3S atua estrategicamente na captação de recursos financeiros a partir de editais de fomento à inovação para elaboração de projetos de P,D&I. O fomento a projetos de inovação é uma oportunidade crucial, tanto para a busca sistemática por novos conhecimentos quanto para a sustentabilidade das empresas que sentem a crescente pressão de inovar em um ambiente altamente competitivo.

Rodada de Investimento 3S

A 3S possui um Banco com Projeto de Inovação em diferentes Níveis de Maturidade Tecnológica – TRL (Technology Readiness Level). O TRL é um sistema que permite avaliar, em um determinado momento, o Nível de Maturidade de um projeto específico. A escala de maturidade varia de 1 a 9, e, com base nas entregas/resultados relacionados a cada nível, pode ser assim descrita:

PROVA DE CONCEITO

TRL 1 - Princípios básicos observados e reportados.

Ideia da pesquisa que está sendo iniciada e esses primeiros indícios de viabilidade estão sendo traduzidos em pesquisa e desenvolvimento futuros.

TRL 2 - Formulação de conceitos tecnológicos e/ou de aplicação.

Os princípios básicos foram definidos e há resultados com aplicações práticas que apontam para a confirmação da ideia inicial.

TRL 3 - Estabelecimento de função crítica de forma analítica ou experimental e/ou prova de conceito.

Em geral, estudos analíticos e/ou laboratoriais são necessários nesse nível para ver se uma tecnologia é viável e pronta para prosseguir para o processo de desenvolvimento.

PROTÓTIPOS

TRL 4 - Validação funcional dos componentes em ambiente de laboratório.

Coloca-se em prática a prova de conceito, que consiste em sua aplicação em ambiente similar ao real, podendo constituir testes em escala de laboratório.

TRL 5 - Validação das funções críticas dos componentes em ambiente relevante.

A tecnologia deve passar por testes mais rigorosos, ou seja, validação em ambiente relevante de componentes ou arranjos experimentais, com configurações físicas finais. Capacidade de produzir protótipo do componente do produto.

TRL 6 - Demonstração de funções críticas do protótipo em ambiente relevante.

A tecnologia constitui um protótipo totalmente funcional ou modelo representacional, sendo demonstrado em ambiente operacional.

MERCADO

TRL 7 - Demonstração de protótipo do sistema em ambiente operacional.

O protótipo está demonstrado e validado em ambiente operacional.

TRL 8 - Sistema qualificado e finalizado.

A tecnologia foi testada e qualificada para ambiente real, estando pronta para ser implementada em um sistema ou tecnologia já existente.

TRL 9 - Sistema operando e comprovado em todos os aspectos de sua missão operacional.

A tecnologia está comprovada em ambiente operacional, uma vez que já foi testada, validada e comprovada em todas as condições, com seu uso em todo seu alcance e quantidade. Produção estabelecida.

Projetos de inovação aprovados

Nos acompanhe nas redes sociais

Parceiros

De: Coletivo Lift Para: Mundo

Copyright © 2021. All rights reserved.